Coletivo DNAE

Quem somos?

O núcleo Dança Negra | Arte e Educação (formado em julho do ano em curso) é um coletivo composto por profissionais afro-brasileiros da área de dança, atentos aos encaminhamento das questões raciais no mundo, comprometidos com o desenvolvimento da cultura, a promoção e a preservação da diversidade e o fortalecimento das comunidades culturais, que se propõe a acompanhar e atualizar os diálogos e fazeres existentes sobre as “Danças de Expressão Negra – Brasileira e Contemporânea”
Composto na sua fase inicial por indivíduos e instituições com notório reconhecimento em suas áreas, dentro e fora do Brasil, sendo eles:

  • IABACE – Instituto Afro Brasileiro de Artes Cultura e Educação | CID/Unesco
  • Álvaro Santos | GrupOkun – Bahia / RJ
  • Carlos Ujhama | Conselho Internacional de Dança CID/Unesco – Bahia / Itália
  • Eliete Miranda | Conselho Internacional de Dança CID/Unesco – Bahia / RJ
  • Leda Maria Ornellas | Escola de Dança UFBA – Bahia / Espanha
  • Vera Lopes | Conselho Internacional de Dança CID/Unesco – Rio de Janeiro

O núcleo tem como objetivo o compromisso com os mais altos padrões de equidade, justiça e responsabilidade na promoção do conhecimento sobre uma produção artística/cultural, com base nas expressões e manifestações afro brasileira na elaboração, desenvolvimento e difusão de uma linguagem universal para o mundo das artes, levando em conta o que uma comunidade é capaz de expressar simbolicamente, traduzido em respeito a sua história, à seus valores e as suas maneiras de agir na convivência com a natureza e com os outros.

O núcleo DNAE nasce para promover discussões sobre a cena contemporânea e os caminhos metodológicos com base no afro-centrismo, tendo em perspectiva a cultura corporal nas produções brasileiras a nível nacional e internacional, bem como oferecer práticas envolvendo o corpo negro, sua estética e performances como um segmento da cultura negra em diálogo com as linguagens artísticas da dança e do teatro.

Programação “Novembro Negro 2019”