Vera Lopes

        

       Vera Lopes atua nos temas de pesquisa sobre corporeidade, identidade, improvisação, gestualidade teatral, composição coreográfica, danças brasileiras – ritmos e regionalidade e dança afro-contemporânea. 

      FORMAÇÃO 

       Sua formação em dança se inicia em 1962 na Escola de Danças Clássicas MARIA OLENEWA do Theatro Municipal – RJ onde se formou como Bailarina e Maitre de dança. Aí estudou com Cecilia Wainstok, Renée Wells, Lydia Costallat, Tamara Capeller, Mercedes Baptista, Lourdes Bastos, Consuelo Rios entre outros.

       Dando continuidade à sua formação corporal obteve sua licenciatura em Educação Física na Universidade Federal do Rio de Janeiro / UFRJ – 1980 e integrou o grupo de dança moderna da UFRJ participando de festivais de dança no Brasil. 

      Seu interesse por teatro a levou a um curso técnico de formação teatral. Cedo compreendeu que sua forma de dançar buscava gestos mais fortes e que através de estados emocionais conseguiria se expressar melhor. Dessa forma ampliou sua pesquisa corporal para além da dança. 

           Seus mestres em dança contemporânea: Klauss Vianna, Gerry Maretzki e Graciela Figueroa. Fez alguns cursos com Ivone Berger, Lola Brickman e Maria Adela Palcos del Planto. Estudou e trabalhou diretamente com os profissionais Rob Esposito, Marcia Wardell, Bill Groves (bailarinos do ALWIN NIKOLAIS DANCE THEATRE), Michel Robin, Carlos Affonso, Nádia Miranda, Aloísio Flores, Debby Growald, Patricia Hungria, Guto Macedo, Debora Colker, João Carlos Ramos, Eliete Miranda, Eliana Caminada, Maria Lucia Galvão entre outros. 

      Como bailarina atuou nos anos 70/80 nos grupos de dança contemporânea: Grupo Construção Teatral da Dança, Grupo UM, Grupo Coringa, Cia Aérea de Dança no qual participou de tournée internacional na Alemanha, Holanda e França. 

    Cursou Pós-graduação em Metodologia do Ensino Superior – Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro / UFRRJ – 1999.

    É Mestre em Ciência da ArteUFF – Universidade Federal Fluminense – 2005

Agregou aos seus estudos de corpo a formação em:

1986 – DO-IN Bases da Filosofia Chinesa – Ptof. Juracy Cançado – RJ

1995 –  CHACRAS E MEDITAÇÃO – Profª Nara Louzada – RJ

1996/1997 – AURA SOMA COLOUR THERAPY – Profª Regina Kinzer – RJ

2011-2013 – TERAPIA GESTALT com foco na Psicologia para o Movimento na Escola GESTALT VIVA CLAUDIO NARANJO – RJ

2018 – BARRA ACCESS CONSCIOUSNESS – RJ

PRÊMIOS 

       Em 1984 e 1987 recebeu os prêmios da Prefeitura Municipal Rio Arte no Projeto NOVOS COREÓGRAFOS.      

      Em 1990 recebeu o prêmio COCA COLA de melhor coreógrafa para o teatro infantil. Dedicou-se à prática coreográfica para a cena de teatro infantil tendo a chance de trabalhar com Lucia Coelho, Silvia Aderne, Caique Botkay, Bia Bedran, Ney Matogrosso, Carlos Augusto Nazareth entre outros.  

PRODUÇÕES COREOGRÁFICAS 

2001 – “ESPELHO” – Apresentações na UERJ e Escola Ferreira Vianna

2002 – “ A ÁGUA E OS SONHOS” Apresentações na UERJ e Academia Brasileira de Letras 

2002 – “MARAVILHOSO” concepção coreográfica e direção artística do desfile da cidade de Villeürbanne – DÉFILÈ (desfile de rua) para a 10 ª Bienal de Dança de Lyon / França  com o tema  “OS CAMINHOS DA LIBERDADE NA AMERICA LATINA” . 

2012 – Direção cênica do Grupo Vocal BE BOSSA KIDS – Teatro do Planetário/ Centro Cultural BANCO DO BRASIL / RJ, FLIP – Feira Literária Internacional de PARATY 

2016 – Criadora e diretora do NÚCLEO PRETA – atores negros, alunos da Escola de Teatro Martins Pena.

2017 Núcleo Preta – “ ROTAS ” – CENTRO COREOGRAFICO-  RJ  

           – Direção da cena “DICABROBÓ” – cordel escrito e vivido por VITORIA RODRIGUES

2018 – Criadora e diretora do NUPEEMP – Núcleo de Pesquisas e Estudos Étnico-Raciais Martins Pena

  – Intervenção cênica na Cinelândia durante as manifestações de repúdio ao assassinato de Marielle Franco e Anderson Gomes

–  Evento realizado na escola de teatro Martins Penna em consonância com a manifestação global “ LUZES para Marielle e Anderson ”

2019 – Participação no 54º Congresso Internacional de Dança – CID / Atenas

             Organização e coordenação do 1º Seminário Territorial de Danças Afro brasileiras “ENTRE RIOS E BAÍAS” – Centro Coreográfico e tetro Cacilda Becker

             Ingresso no IABACE – Instituto de Afro Brasileira de Artes Cultura e Educação – Itália / Brasil  como membro da diretoria representante no Rio de Janeiro.  

EDUCAÇÃO

Na área da Educação atuou em universidades como Professora Substituta ministrando aulas de Fundamentos da Dança, Consciência Corporal, Estudos do Ritmo e Dança Afro:

  • UERJ – Universidade Estadual do Rio de Janeiro; 
  • UFRRJ – Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro; 
  • UCB – Universidade Castelo Branco.

– Professora de Dança Moderna/Contemporânea no Centro Profissionalizante de Dança RIO – 1977

– Professora de Dança Contemporânea em projeto sócio-cultural na formação de crianças carentes através da linguagem da dança no Centro Cultural Calouste Gulbenkian – Prefeitura do Rio de Janeiro: 2001 – 2005

– Atualmente é professora concursada na FAETEC (Fundação de apoio ás escolas técnicas) e leciona dança e expressão corporal nas escolas: 

2001 a 2008 – Escola Técnica Estadual Ferreira Viana 

2008 – 2019 – Escola Técnica Estadual de Teatro Martins Pena

     – Participou da implantação do Núcleo de Estudos Étnico-raciais na Educação – NEERA/ FAETEC- Fundação de apoio as escolas técnicas juntamente com Selma Maria da Silva (RJ) e Alexandre Nascimento (RJ).

– Na Escola Técnica Estadual de Teatro  Martins Pena trabalhou com os professores e encenadores MARCO HENRIQUE REGO, JAQUELINE LOBO, EDUARDO VACCARI, LUCIANO LOUREIRO, CARMEM FRENZEL na construção de espetáculos de formatura dos jovens atores .

Vera atua de forma propositiva junto aos alunos para a busca de um corpo plural poético-político. Neste momento seu foco é o combate a todo tipo de racismo. Suas ações alinham-se a proposta da ONU no decênio de combate ao racismo. Seu objetivo é a formação de novos profissionais que deem continuidade a esta ação social conquistada através da linguagem da dança.